Quer abrir uma loja virtual?

Deixe o seu like! Já sabe como ganhar dinheiro no YouTube?

Como ganhar dinheiro no YouTube com a Shopify: ilustração de uma nota de cem dólares. No centro da nota está o logo do YouTube, e do lado esquerdo a indicação de 10 mil curtidas. No lado direito, 100 curtidas negativas.

Está querendo saber como ganhar dinheiro no YouTube? Show: a gente pode te ajudar! Separamos algumas dicas sobre o que é monetização no YouTube, como gerar receita no YouTube e como você pode conquistar um público na plataforma.

“Galera, deixa o like aqui embaixo e se inscreve no canal!”

Se você é como eu e tanta gente por aí, provavelmente já deve ter passado algumas (muitas) horas no YouTube e já deve ter perdido a conta de quantas vezes escutou a frase acima.

Não é para menos: os dois últimos anos mudaram muita coisa nas nossas vidas, desde os nossos hábitos de consumo até a forma como nos relacionamos com a internet e as redes sociais. E o YouTube foi um dos canais onde brasileiros e brasileiras passaram um tempo considerável durante o período de isolamento, segundo pesquisas recentes do Google.

Além disso, tem o fato de que o formato de vídeo vem ganhando destaque não só dentro do marketing pessoal mas também dentro das estratégias de marketing de empresas de todos os portes.

É por essas e outras que buscas por termos como “monetização YouTube” e “como gerar receita no YouTube” estão tão disparadas na internet. O problema é que nem sempre é fácil encontrar informações relevantes e atualizadas, né?

Foi pensando nisso que a gente compilou num só lugar tudo o que você sempre quis saber sobre como ganhar dinheiro no YouTube. Vamos lá?

Para ir entrando no clima, confere só o nosso vídeo com o guia completo para montar uma loja virtual aqui na Shopify:


O que é monetização no YouTube?

Antes de chegarmos na pergunta que não quer calar ― como ganhar dinheiro no YouTube? ― é importante falarmos um pouco sobre monetização.

A monetização YouTube nada mais é do que o processo de transformar um canal do YouTube em uma fonte de receita ou, se preferir, em um canal de vendas. Como a gente vai ver a seguir, esse processo pode tomar diferentes formas dependendo dos recursos que você decidir usar; mas, de modo geral, a monetização só existe dentro do Programa de Parcerias ou de outras ferramentas oficiais do YouTube.

📣 Trocando em miúdos para o pessoal que quer saber como ganhar dinheiro no YouTube: monetizar um canal significa transformá-lo em uma fonte de receita, e é uma etapa essencial para quem está trabalhando dentro da creator economy.

Se você acabou de chegar na plataforma, a primeira coisa que vai ter que fazer antes de começar o processo de monetização YouTube é criar um canal para a sua marca ― até porque, né, sem canal não dá para fazer nada. Como o YouTube faz parte do Google, você não precisa nem criar uma conta do zero: pode fazer o login direto com as credenciais que você já usa.

Com um canal criado, você vai ter acesso ao YouTube Studio: o espaço onde você vai fazer o upload de vídeos, criar playlists, definir o trailer do canal para pessoas que ainda não se inscreveram, definir o vídeo em destaque que vai aparecer na página inicial do canal, configurar o banner que vai acompanhar a identidade visual e muito mais.

Como começar a monetização YouTube: ilustração em tons de branco, verde e preto. No centro da imagem há um notebook com um editor de vídeo. No primeiro plano está uma câmera para gravar vídeos e, ao fundo, ícones relacionados à produção de vídeo, como o play, rolo de filme e mais.

O YouTube Studio também tem uma importância especial para quem está querendo descobrir como ganhar dinheiro no YouTube, pois é nele que ficam armazenadas as estatísticas do canal e as métricas dos vídeos. Esses dados, aliás, também são essenciais para desvendar o algoritmo do YouTube, então vale ficar de olho.

No exemplo abaixo dá para ver a página do YouTube Studio de um canal de teste, criado especialmente para este post. A opção marcada em vermelho, Painel, mostra uma visão geral do canal; e as duas outras marcadas em verde, Estatísticas e Monetização, são os locais em que você vai começar o processo de monetização YouTube.

Como ganhar dinheiro no YouTube com o YouTube Studio? Captura de tela do YouTube Studio, mais especificamente do "painel do canal". Como o canal acabou de ser criado, as estatísticas ainda estão zeradas.

Como ganhar dinheiro no YouTube com o Programa de Parcerias

Até aqui, ok, né? Então vamos continuar.

Como mencionamos ali em cima, a monetização YouTube acontece majoritariamente dentro do Programa de Parcerias da plataforma, então você vai ter que participar dessa iniciativa se quiser gerar receita com seus conteúdos em vídeo dentro do YouTube.

Para participar, o seu canal precisa atender a alguns pré-requisitos definidos pelo Google:

🙋Epa, Google AdSense? Pois é: esse é outro recurso essencial na lista de quem quer saber como gerar receita no YouTube. Confira o vídeo abaixo, feito pelo oficialíssimo YouTube Criadores, para saber mais:

Além disso, o seu canal também precisa ter conquistado duas marcas bem importantes: ter 1.000 inscritos e 4 mil horas de exibição de conteúdo. Depois que você atingir essas marcas, vai poder ativar a monetização YouTube lá no YouTube Studio:

Como gerar receita no YouTube com o YouTube Studio? Captura de tela da aba "Monetização" do YouTube Studio, que mostra os requisitos necessários para o canal se qualificar para o Programa de Parcerias do YouTube.

📣 Alô, pessoal que quer saber como ganhar dinheiro no YouTube:

O canal vai passar por um processo de avaliação interna do YouTube para ver se ele está mesmo qualificado para fazer parte do Programa de Parcerias.

Embora o Google não divulgue todos os critérios que são levados em conta durante essa etapa, já sabemos que elementos como o tema do canal, os vídeos mais assistidos e a proporção de tempo de exibição contam (e muito). Os metadados dos vídeos também são bem importantes, então é bom dar uma caprichada no
SEO.

Depois que você ativar o Programa de Parcerias e a monetização YouTube, vai ganhar acesso a 4 fontes de receita dentro da plataforma.

1. Receita de publicidade

A receita de publicidade é a solução mais simples (e a mais consolidada) para quem está querendo descobrir como ganhar dinheiro no YouTube. Essa fonte de receita consiste, basicamente, em veicular anúncios pagos durante os seus vídeos. 

Existem quatro tipos de anúncios que podem aparecer em um vídeo do YouTube:

  • Anúncios não puláveis: aqueles vídeos que a pessoa precisa assistir até o fim para poder começar ou continuar a assistir o conteúdo original. Eles costumam ter entre 15 ou 20 segundos de duração e são exibidos no YouTube para computador, dispositivo móvel, TV e console de jogos.
  • Anúncios puláveis: são bem parecidos com os anúncios acima, mas com uma diferença básica que dá para perceber no nome, né? Esses anúncios podem ser pulados pela pessoa após cinco segundos de exibição.
  • Anúncios overlay: exclusivos para o YouTube na versão para computadores, os anúncios overlay são aquelas pequenas caixinhas que costumam aparecer na parte inferior de um vídeo e possuem apenas texto.
  • Anúncios bumper: são anúncios não puláveis com, no máximo, seis segundos de duração. Eles costumam aparecer no meio do vídeo.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como ganhar dinheiro no YouTube: os anúncios do YouTube não são a única forma de gerar receita via social commerce. Se você também pretende usar o Instagram, que tal conferir o nosso guia de publicidade para o Instagram e turbinar a sua estratégia de Instagram Stories? Dá para criar uma boa integração entre as duas plataformas.

2. Como gerar receita no YouTube com os clubes dos canais

Monetização YouTube: como funciona? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. No centro da imagem está uma mulher de cabelos curtos e blusa berde. Ela mostra, em destaque, seu smartphone, que está com o sino do YouTube e um balão que diz "Inscrita" em inglês. Atrás dela flutuam ícones como corações, presentes e descontos.

Sabe os clubes de assinatura do e-commerce? Então: os clubes dos canais são exatamente isso, só que para o YouTube. 

E isso, claro, significa que eles são uma ferramenta poderosa de monetização YouTube. Com os clubes dos canais, você pode criar novas formas de se conectar com seus seguidores, fãs e clientes ― e basear essas trocas numa relação muito mais colaborativa. 

A coisa funciona mais ou menos assim: você define entre 3 e 6 planos de assinatura com valores diferentes, e também determina quais são os benefícios de cada plano. O ideal é oferecer conteúdos exclusivos que estejam alinhados com a proposta de valor da sua marca: emojis, vídeos, posts de blog, brindes e por aí vai. Aí, o cliente decide qual plano quer assinar e começa a contribuir mensalmente.

E por falar em emojis e posts, temos também que falar sobre uma outra fonte de receita interessante para o processo de como ganhar dinheiro no YouTube, que é…

3. Super Chat e Super Stickers

Essa duplinha poderosa pode ajudar demais o seu processo de monetização YouTube, especialmente se você curte fazer lives ou outros conteúdos com uma pegada mais interativa. Com o Super Chat e os Super Stickers, seus fãs e seguidores podem comprar um lugar de destaque (ou um emoji) na seção de comentários do vídeo.

Pode parecer besteira, mas não é: na verdade, é quase como se fosse um programa de fidelidade para os seus seguidores. Quanto maior a recompensa que você oferecer, maior será o interesse dessas pessoas em interagir com os seus conteúdos (e maior as chances de compra, né?).

4. Como ganhar dinheiro no YouTube com a estante de produtos do canal

A estante de produtos é outro aliado poderoso do pessoal que está descobrindo como ganhar dinheiro no YouTube, e funciona mais ou menos como as tags de produto e os posts compráveis do Instagram.

Com a estante de produtos, o canal do YouTube recebe uma guia Loja, onde é possível listar até 30 produtos da sua marca. Para aumentar as chances de compra, vale a pena investir em vídeos com uma pegada mais “tutorial”, que mostram os itens em uso e bolar uma estratégia de marketing de influência, convidando uma influenciadora ou um influenciador para fazer um “react” ou avaliar o seu produto.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: se a sua pegada é menos vídeo e mais imagem, que tal usar o Instagram para vender na internet? A Shopify oferece um canal de vendas que vai te ajudar a turbinar as suas estratégias para Facebook e Instagram!

🔥Bônus: como ganhar dinheiro no YouTube com YouTube Premium?

Ué. Se o YouTube Premium é uma opção de assinatura do YouTube que elimina os anúncios dos conteúdos em vídeo, como é que ele pode ser uma alternativa para quem está buscando como gerar receita no YouTube?

 

A gente explica, Nazaré: embora o YouTube Premium exiba conteúdos sem anúncios para os assinantes, ele é uma alternativa para fãs e seguidores que querem apoiar o trabalho dos criadores e criadoras que admiram. 

Em outras palavras: é bem parecido com os clubes de canais, só que no Premium a receita é calculada de acordo com o número de membros Premium que assistiram os seus vídeos.

Para os assinantes, o que muda é o tipo de “recompensa”: nos clubes, eles ganham brindes ou emojis; no Premium, ganham acessos diferenciados ao YouTube Music, Kids e à forma como assistem vídeos de outros canais.

🙋Shopify, dá para fazer um apanhado com tudo isso que eu acabei de ler sobre como ganhar dinheiro no YouTube?

Tá na mão: só clicar no play para conferir o vídeo abaixo, criado pelo próprio YouTube.

Como gerar receita no YouTube com o YouTube Shorts

Tudo muito bom, tudo muito bem: as alternativas para monetização YouTube que listamos ali em cima parecem realmente ótimos, né?

O único problema é que elas só estão disponíveis para quem já chegou na marca de 1.000 inscritos e 4 mil horas de exibição de conteúdo. E talvez você que tem um MEI, que acabou de abrir um negócio ou que está pensando em trabalhar autônomo não esteja nem perto desses números.

Se esse for o seu caso, não precisa desanimar não! Existem outros caminhos que você, que quer descobrir como ganhar dinheiro no YouTube, pode trilhar ― e um deles é o YouTube Shorts.

Como ganhar dinheiro no YouTube com o YouTube Shorts? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. Dentro de uma tela de smartphone está um homem se preparando para um desafio em vídeo. Atrás dele está a hashtag #desafio, em inglês, e atrás dele flutuam ícones das redes sociais.

O YouTube Shorts é uma solução relativamente nova para quem quer aproveitar a monetização YouTube sem o formato de vídeos tradicionais. Com ele, você pode criar vídeos de até 60 segundos direto pelo smartphone e editá-los direto pelo app do YouTube para adicionar músicas, áudios de outros Shorts, textos e outros efeitos especiais.

Os Shorts também geram uma experiência de visualização bem similar àquela proporcionada pelo TikTok, já que o usuário só precisa rolar a tela do celular para ver novos vídeos.

Curtiu? Então confere o vídeo abaixo, do próprio YouTube, que fala um pouco mais sobre o tema:

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: agora que a gente já falou sobre TikTok, não custa nada lembrar que a Shopify oferece uma integração exclusiva para o TikTok For Business. Com ela, você pode criar anúncios otimizados para a plataforma. 

2 dúvidas comuns sobre monetização YouTube

Como funciona a monetização YouTube? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. Uma moça vestindo calças pretas e camiseta verde está de costas para a tela. Ela está clicando no "pause" de um vídeo em um smartphone aumentado.

A gente sabe que esse assunto de monetização é meio complicado e pode gerar muitas dúvidas, então antes de continuarmos a conversa sobre como gerar receita no YouTube vale a pena responder algumas dúvidas mais frequentes.

Quanto o YouTube paga por visualização?

Bom, depende ― até porque o número de visualizações de um vídeo não corresponde 100% à receita que o seu canal vai gerar. A verdade é que não adianta nada você publicar um vídeo e acumular milhares de visualizações se ninguém assistir ou clicar nos anúncios, porque assim você só ganha um total de zero dinheiros.

Isso acontece porque, segundo os critérios do YouTube, a pessoa que está assistindo ao vídeo precisa clicar no seu anúncio ou assisti-lo até o final. Isso vale para os vídeos de 10, 15 e até 30 segundos.

Em termos de valores, um levantamento recente feito pelo Influencer Marketing Hub lá na gringa indicou que:

  1. As taxas por visualização podem variar entre US$ 0,10 e US$ 0,30, mas no geral a média paga é de US$ 0,18 por visualização.
  2. Um canal pode receber entre US$ 18 e US$ 1.000 apenas com visualizações de anúncios pagos. Isso significa que você pode receber entre US$ 3 e US$ 5 a cada mil visualizações.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: esses números podem desanimar um pouquinho, então que tal conferir o vídeo abaixo para ver como expandir a sua presença nas redes? Você também pode considerar opções de tráfego pago, se isso fizer sentido para o seu bolso e o seu planejamento.

Quanto ganha um YouTuber?

Também depende, né? 

Se você leu a seção anterior e ficou achando que a matemática não está fechando entre o ponto 1 e o ponto 2, calma: não é que a gente seja ruim nas contas (embora esta que vos escreve seja da área de humanas). É só que o valor real que você vai ganhar como YouTuber vai depender de uma série de fatores, e não apenas do tempo de visualização dos vídeos.

Então, para saber como ganhar dinheiro no YouTube com os seus vídeos e anúncios e começar a se planejar para essa fonte de renda extra, anota aí todos os elementos que vão impactar o valor recebido:

  • A qualidade dos seus anúncios e a relevância deles. Não adianta fazer um anúncio meio capenga só porque você está com pressa para ganhar dinheiro. Também não adianta nada criar anúncios e não segmentá-los direito para públicos relevantes, porque assim os seus esforços vão todos por água abaixo e você não vai receber nem tráfego e nem renda.
  • O número de cliques que um anúncio recebe. Você não concorda que anúncios legais, relevantes e interessantes têm mais chances de receberem cliques?
  • O número de visualizações do vídeo. Como você já viu ali em cima, o número de visualizações do vídeo é um fator que ajuda a determinar a receita gerada no processo de monetização YouTube. Quanto mais visualizações você conseguir, maiores as chances de que sua renda venha mais recheada.
  • A duração do vídeo. Vídeos curtos demais ou longos demais podem assustar possíveis assinantes e reduzir o número de visualizações.
  • A presença de ad blocks. Infelizmente, sempre que alguém usar um bloqueador de anúncio no YouTube para evitar os seus anúncios ou os anúncios veiculados no seu canal, você perde um pouquinho de renda. Por isso mesmo, é uma boa ideia adotar uma comunicação honesta nos seus vídeos e explicar para os seus assinantes que a renda gerada pelo YouTube é importante para você.

Como ganhar dinheiro no YouTube: outras ideias para começar

Como gerar receita no YouTube mesmo sem monetização?  Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. A interface do YouTube aparece nesses mesmos tons, e vemos o vídeo de uma mulher cozinhando. Ao lado esquerdo estão miniaturas de vídeos e, abaixo, o player do vídeo com 30 mil curtidas.

Mas o que é que você faz se a monetização YouTube ainda não faz parte do seu plano de negócios? Ou se você acabou de começar a fazer vendas online e ainda não tem nem tempo e nem fluxo de caixa para investir em uma estratégia tão completa para YouTube?

Bom, nesse caso, separamos duas outras ideias bem interessantes para você ir testando as águas do YouTube e começar a ganhar dinheiro por lá.

1. Transforme o seu canal em uma vitrine

Que tal transformar o seu canal do YouTube em uma vitrine virtual da loja?

Funciona mais ou menos assim: ao invés de criar conteúdos monetizáveis e colocar o YouTube como uma das suas principais fontes de receita, você transforma o seu canal em uma extensão da loja e usa o espaço para divulgar conteúdos que podem complementar a experiência de compra customizada que você quer oferecer.

Olha só o YouTube Short que a Pantynova fez, por exemplo:

É um vídeo que basicamente funciona como uma página de produto. Ele descreve o item, lista os benefícios e vantagens, mostra como funciona e ainda preserva o branding da marca. Legal, né?

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: criar descrições sucintas de produto sem ter que abrir mão do humor e da criatividade é uma habilidade que a gente vai adquirindo ao longo das vendas. Que tal começar a treinar agora?

Outra opção bem legal para quem está buscando como ganhar dinheiro no YouTube é seguir a linha da Pantys e criar pequenas séries de vídeos que falam sobre tópicos relacionados aos valores da marca.

Confere só um Short da série “empreendedoras do futuro”:

2. Entre para o marketing de afiliados

Essa é para quem já tem um pézinho no mundo dos influenciadores e está querendo saber como ganhar dinheiro no YouTube, mas não quer montar uma loja e nem lidar com a burocracia do checkout e do frete: trabalhar com o marketing de afiliados.

Como ganhar dinheiro no YouTube com o marketing de afiliados? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. Um jovem está sentando em uma mesa, gravando um vídeo de si mesmo abrindo uma caixa.

Nesse modelo de geração de renda, você promove um produto ou um serviço de uma marca e ganha comissão sempre que os seus seguidores realizarem uma compra por meio da sua indicação. Essa indicação costuma acontecer via link, mas precisa ser devidamente comunicada nos seus conteúdos, tá?

O marketing de afiliados pode trazer bons resultados com vídeos de “react” ou de “teste”. Ou seja: vídeos em que você reage ou testa os produtos das marcas.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: se a sua pegada é comércio eletrônico e mentoria, que tal aproveitar o Programa de Parcerias da Shopify?

Além da monetização YouTube: 4 dicas para crescer na plataforma

Se você curtiu as estratégias de como gerar receita no YouTube que mostramos aqui no post mas ainda está um pouco na dúvida, a gente entende.

O YouTube pode ser um espaço desafiador, ainda mais para quem está querendo ganhar dinheiro online com um negócio próprio. No entanto, aqui na Shopify a gente acredita que ir com calma e no seu próprio ritmo sempre é um bom caminho.

Por isso mesmo, separamos 4 dicas que podem ajudar você na sua missão de como ganhar dinheiro no YouTube.

Confere só:

1. Busque patrocínios

Muita gente que busca como ganhar dinheiro no YouTube para além da monetização mais tradicional acaba recorrendo aos patrocínios, que funcionam mais ou menos assim:

  • Você busca uma empresa ou marca que possa ter interesse na sua proposta de vendas e no tipo de conteúdo que você produz. Uma marca que vende café online, por exemplo, pode querer uma parceria com um canal dedicado a experimentar cafés e mostrar lojinhas que vendem produtos como xícaras, coadores, térmicas e assim por diante.
  • Depois de uma conversa para alinhar expectativas e definir os detalhes da parceria, a marca passa a patrocinar os vídeos do canal. Em troca, você sempre dedica uns minutinhos do seu vídeo para falar que o canal está sendo patrocinado pela marca X.
  • Durante esses minutinhos, você fala sobre um produto selecionado pela marca e anuncia ele com um código promocional exclusivo do canal (alô, marketing de afiliados!).

 2. Grave uma CTA nos vídeos

Como gerar receita no YouTube e engajar o público? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. Uma jovem está sentando em uma mesa, gravando um vídeo de si mesma experimentando maquiagens.

A call-to-action, também conhecida como “chamada para ação” ou simplesmente CTA, é aquela frase que a gente viu lá no início do post:

Galera, deixa o like aqui embaixo e se inscreve no canal!

O objetivo dessa frase é indicar o tipo de ação que você espera das pessoas que estão assistindo os seus vídeos; além disso, também é uma forma de incentivar o engajamento com os seus conteúdos, e pode ajudar a expandir o alcance orgânico do canal.

Para conseguir um bom resultado com a CTA, tente criar uma frase que seja relevante para a sua buyer persona e coloque-a num ponto-chave do vídeo: pode ser no início, no final ou em um intervalo relevante.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: CTAs também podem dar um resultado bem legal na sua bio para loja virtual do Instagram. Vale a pena experimentar!

3. Adicione cards de informação aos vídeos

Os cards de informação ajudam a deixar os seus vídeos mais interativos, e por isso mesmo são recursos bem legais para garantir o engajamento e aumentar o tempo de visualização.

Você pode usá-los para anunciar produtos, divulgar ofertas e descontos, linkar para outros conteúdos do canal e até para outros perfis da marca, como conteúdos postados no Pinterest.

📣 Dica exclusiva para o pessoal que quer saber como gerar receita no YouTube e em outras plataformas: já ouviu falar em gamificação? É uma estratégia que chegou com tudo no e-commerce e nas redes sociais.

4. Aproveite a descrição dos vídeos

A descrição dos vídeos é uma etapa indispensável do funil de vendas de qualquer proposta de como ganhar dinheiro no YouTube. Por ser um dos poucos espaços que comportam conteúdos escritos dentro de uma plataforma tão visual, a descrição dos vídeos não só pode como deve ter links para outros canais relacionados à sua marca, como:

Como ganhar dinheiro no YouTube e aproveitar a descrição dos vídeos? Uma ilustração em tons de branco, verde e preto. Uma jovem carrega nas mãos um ícone de "play". Ela está próxima de um smartphone, maior do que ela, que está fazendo o upload de vários ícones similares.

Resumo: como gerar receita no YouTube

Ufa! Acabou. Só para garantir, aqui vai um resumão com todas as respostas para a pergunta “como ganhar dinheiro no YouTube”:

  • A monetização YouTube acontece por meio do Programa de Parcerias da plataforma. Para fazer parte desse programa e gerar receita no YouTube, você precisa ter pelo menos mil assinantes e quatro mil horas assistidas.
  • Existem 5 fontes de receita que podem ser usadas dentro do Programa de Parcerias: receita de publicidade, clube dos canais, Super Chat/Super Stickers, estante com produtos do canal e YouTube Premium.
  • O YouTube Shorts é outra alternativa para quem está buscando como ganhar dinheiro no YouTube mesmo sem o Programa de Parcerias. Ele permite criar vídeos de até 60 segundos pelo smartphone e editá-los direto no app do YouTube.
  • O valor que o YouTube paga por visualização depende de vários fatores, mas no geral fica na faixa dos 0,18 centavos de dólar por visualização.
  • Outras ideias de como ganhar dinheiro no YouTube incluem transformar o canal em uma vitrine ou extensão da loja virtual e participar do marketing de afiliados.
  • Se você quer construir um canal de sucesso para aproveitar a monetização YouTube lá no futuro, busque patrocínios, grave CTAs nos vídeos, adicione cards de informação e aproveite o espaço de descrição dos vídeos.

Ilustrações do texto: Freepik

Perguntas frequentes sobre como ganhar dinheiro no YouTube

Quantos inscritos preciso ter para ganhar dinheiro com um canal do YouTube?

De acordo com os requisitos de elegibilidade do Programa de Parcerias do YouTube, você precisa ter mil ou mais inscritos para monetizar seu canal do YouTube. Você também precisa de pelo menos quatro mil horas de tempo de exibição nos últimos 12 meses e ter conexão com uma conta do Google AdSense.

Quanto custa fazer um canal no YouTube?

É totalmente grátis abrir um canal no YouTube. E, se você começar a fazer vídeos com o YouTube Shorts, só vai precisar do seu smartphone.

Dá para ganhar dinheiro só com o upload de vídeos no YouTube?

Infelizmente, não: os criadores de conteúdo que postam vídeos no YouTube não ganham dinheiro só com o upload dos vídeos. Da mesma forma, nenhum vídeo é automaticamente monetizado na plataforma.
Isso significa que, para começar a ganhar dinheiro no YouTube, você precisa primeiro habilitar a monetização do conteúdo nas configurações da sua conta da plataforma.

Dropshipping, o que é e como funciona?

O dropshipping é um modelo de varejo que não precisa de estoque. Um atacadista faz o estoque do inventário da sua loja virtual e você repassa os pedidos e informações de entrega dos clientes para ele, que envia os produtos para seus clientes.

 

Quer saber mais?


Marcela Lanius Redatora ShopifySobre a autora

Marcela Lanius é tradutora, revisora e às vezes também veste a roupa de pesquisadora. Se pudesse, largava tudo para passar os dias só com gatos e livros.

 

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Fale com a nossa Central de ajuda

Tópicos:

Quer abrir uma loja virtual?