Quer abrir uma loja virtual?

Como montar um e-commerce do zero: do planejamento ao site em poucos passos

Duas pessoas com notebook e caderno em uma mesa planejando para começar um ecommerce

Montar um e-commerce do zero e ganhar dinheiro rápido pode parecer um desafio para iniciantes. No entanto, a verdade é que o processo pode ser mais simples do que se imagina. Apresentamos um passo a passo para guiar você na jornada de como montar um e-commerce de forma eficiente e bem-sucedida.


Como montar um e-commerce do zero: 3 passos para planejar seu negócio

Como qualquer outro negócio, montar um e-commerce envolve investir tempo e dinheiro, mas nesse caso o custo é baixo e o lucro é rápido. Muitas lojas virtuais da Shopify foram criadas com menos de mil reais.

Para garantir que até o menor investimento não seja dinheiro jogado fora, é muito importante começar pelo planejamento. Descobrir um nicho de mercado lucrativo antes de começar a investir é a chave. Assim, você constrói uma base sólida para o seu negócio online e aumenta as chances de sucesso desde o início.

1- Identifique nichos de mercado

Antes de abrir uma loja, o passo principal é entender a demanda para garantir as vendas. Use o Google Trends para conferir o volume de busca de um produto específico.

Outra ferramenta é o Pinterest Predicts, que faz um levantamento das tendências de cada ano de acordo com os termos pesquisados na plataforma.

2- Pesquise a concorrência

Existem muitos empreendedores para se inspirar. Comece observando boas práticas de negócios que você já admira e desenvolva seu olhar para identificar pontos fortes e fracos, assim será mais fácil entender os diferenciais que atraem consumidores.

Quando seu nicho estiver definido, busque por lojas que vendem produtos similares aos seus para fazer uma análise da concorrência. A partir dessa pesquisa, você deve conseguir entender melhor alguns aspectos fundamentais como seu público-alvo, os benefícios destacados e a média de preço praticada.

3- Estude sobre anúncios

Outra dica interessante para montar sua loja virtual é conferir a página do Meta for Business, antigo Facebook para Empresas.

A Meta é dona das principais redes sociais para vendas e anúncios atualmente, como Facebook, Instagram e WhatsApp Business, e disponibiliza uma série de materiais que podem ajudar você a impulsionar sua loja, como cursos gratuitos e insights de mercado.

MetaBR

Página Meta for Business com informações úteis para pequenos negócios

Como montar um e-commerce do zero: sua marca em 4 passos

Você já conhece seu nicho de mercado, os produtos que quer vender, a demanda por eles e o público-alvo. Agora a parte mais divertida começa: construir sua própria marca.

A seguir, veremos os principais passos para você montar uma loja virtual e começar a lucrar rápido com o próprio negócio.

1. Escolha o nome

Escolher um nome para a loja e para o produto sempre é um processo que demanda muita atenção e cuidado. Uma das maneiras mais eficazes de fazer isso é usar geradores de nomes disponíveis na internet.

O Gerador de nomes para empresas da Shopify é uma ferramenta gratuita feita para ajudar a criar um nome incrível que fique na mente dos seus clientes.

Gerador Nomes Shopify

Use o gerador de nomes para empresas da Shopify.

2. Crie um logotipo

Agora que você já tem um nome, chegou a hora de cuidar da identidade visual da sua marca. O principal elemento desse passo tão importante é criar um logo.

Qualquer que seja o seu mercado, um bom logo ajuda a chamar a atenção dos consumidores e fazer com que sua marca fique na memória deles sempre que pensarem no tipo de produto que você vende.

Para criar um logo de arrasar para seu negócio, você pode contratar um design profissional, mas também existem opções mais em conta e ágeis para você colocar seu site no ar o quanto antes e ter uma renda extra.

Uma opção gratuita e ágil para criar um logo marcante é o Hatchful, criador de logotipos da Shopify. Com ele, você encontra diversos modelos para começar em apenas 5 etapas simples:

  1. Defina o setor de negócios da sua loja. Criador de logotipos Hatchful com setores de negócios para escolher
  2. Escolha um estilo visual para a marca.Criador de logotipos Hatchful com estilo visual para escolher
  3. Inclua o nome da empresa e o slogan, se tiver.Criador de logotipos Hatchful com espaço para inserir nome da marca e slogan
  4. Indique onde o logo será usado.Criador de logotipos Hatchful com opções de aplicação da marca
  5. Agora é só escolher uma das opções criadas e editar.Criador de logotipos Hatchful com logos criados

          3. Defina as estratégias de marketing

          O objetivo principal de qualquer estratégia de marketing para e-commerce é encontrar os melhores canais de comunicação e divulgar o produto para o maior número de potenciais compradores.

          A Shopify oferece uma experiência de venda totalmente integrada com as principais plataformas: Facebook, Instagram e Pinterest. Confira algumas possibilidades de integração:

          • Sincronizar seu catálogo da Shopify com as redes sociais
          • Encontrar novos públicos e segmentar campanhas
          • Criar coleções no Instagram
          • Gerenciar as lojas para fazer vendas em vários canais
          • Usar tags de produtos e posts compráveis integrados com sua loja

          📷 Procurando fotos incríveis para usar nas suas redes sociais? No Burst você encontra mais de mil imagens grátis para baixar e usar à vontade! 

          4. Selecione o modelo de negócios

          Entender a melhor forma de vender seus produtos na Internet é essencial para os passos seguintes, como a escolha de fornecedores, temas e templates do e-commerce. Essa escolha impacta diretamente nos seus lucros e, a depender do nicho, deve ser priorizada no seu planejamento.

          Na Shopify, identificamos três principais modelos de negócios lucrativos:

          • Fabricação própria: você mesmo desenvolve, produz e se responsabiliza pela entrega do produto.
          • Impressão sob demanda: o fornecedor produz de acordo com suas ideias e envia o produto ao cliente.
          • Dropshipping: os produtos são enviados diretamente do seu fornecedor para os seus clientes.

          Para quem busca uma opção de baixo custo e quer um retorno rápido, vamos nos concentrar na última opção, o dropshipping.

          Como montar um e-commerce do zero: dropshipping na Shopify em 5 passos

          A grande vantagem do dropshipping é ter um parceiro que produz, estoca e despacha os pedidos. Com o fornecedor dropshipping certo você se concentra na construção da sua marca, no marketing dos seus produtos e em oferecer um excelente atendimento ao cliente.

          Uma das melhores estratégias para ter sucesso com esse modelo ao montar um e-commerce do zero é encontrar um fornecedor confiável para fazer negócios. Existem muitas opções disponíveis, como o AliExpress.

          Para facilitar a vida dos lojistas, a Shopify tem aplicativos de dropshipping como o Dsers, que funciona como um estoque virtual para encontrar milhares de produtos fabricados e vendidos pelos diversos fornecedores do AliExpress.

          Site do Dsers, uma excelente forma de começar um e-commerce do zero.

          Com o Dsers, montar um e-commerce do zero para vendas por dropshipping é fácil e exige apenas cinco etapas simples, continue acompanhando a seguir.

          1- Crie uma conta na Shopify

          Na Shopify, em poucos minutos você cria sua loja personalizada de acordo com seus objetivos para começar sua loja dropshipping.

          ContaNova Shopify

          2- Instale o app do Dsers na sua loja virtual

          Acesse a App Store da Shopify para instalar o Dsers na sua loja virtual, o uso é gratuito e estão disponíveis planos pagos a partir de US$ 19,90/mês.

          Home Dsers BR

          3- Procure os produtos que você quer vender

          No app do Dsers conectado à sua loja Shopify, você lista os produtos e adiciona todos para sua lista de importação. Aproveite também para usar a extensão do Google Chrome, que facilita a busca por produtos diretamente no site do AliExpress para seu e-commerce.

           

          Dsers Produtos

          4- Importar os produtos para sua loja virtual

          Ao adicionar os produtos na sua lista, você poderá importá-los, é essa etapa que torna visível o catálogo no seu site. Lembre-se de personalizar as fotos, a descrição e tudo aquilo que fará os olhos dos seus clientes brilharem ao acessar a página do produto.

          5- Comece a anunciar e vender para seu público-alvo

          Se você chegou nesta etapa, é porque já fez seu planejamento, criou sua marca e selecionou seus produtos. Agora é a hora de colocar os anúncios no ar para que mais pessoas visitem seu site, as redes da Meta são ótimas opções para começar.

          Fácil, não é? O dropshipping permite que você se dedique mais às estratégias da sua marca sem se preocupar com a fabricação e o envio de mercadorias. Seu site será um lugar onde seus clientes irão se conectar com a sua marca, e quanto mais forte ela for, maior será o seu sucesso.

          Para ajudar a ir a fundo, separamos dicas práticas para um segmento sempre em alta no e-commerce: roupas. Se sua ideia é seguir neste nicho, maravilha! Caso não seja exatamente essa a ideia, ainda vale acompanhar aqui embaixo e entender como aplicá-las ao seu mercado.

          [EXTRA] Como montar um e-commerce de roupas do zero: 8 dicas para começar

          Seleção de roupas femininas expostas em cabides em uma arara.O setor de moda pode ser uma aposta segura para quem quer começar um ecommerce do zero | Imagem: Burst

          Para montar um e-commerce do zero com foco em vestuário, seja com fabricação própria ou dropshipping, além das etapas que já citamos, é importante ter mais alguns aspectos em mente para alcançar o sucesso.

          1- Defina um estilo de vestuário

          Peças femininas românticas ou cheias de estilo para a neve? Camisetas masculinas básicas ou com estampas chamativas para pescar no Mato Grosso? Saber o que buscar na hora de criar sua marca de roupa é essencial para atingir um público mais segmentado e certeiro.

          2- Invista no visual

          Estratégias de marketing com foco na qualidade visual são essenciais, principalmente quando falamos de um segmento que é perfeito para você ganhar dinheiro no Instagram, Pinterest e TikTok. Aposte na conquista à primeira vista com um estilo marcante que se comunique com seu público.

          Uma mulher em um traje moderno posando sob iluminação vermelha.Para começar um ecommerce de roupas, é importante investir no apelo visual | Imagem: Burst

          3- Aposte nos microinfluenciadores

          Quando se trata de vendas nas redes sociais, os influenciadores certos podem fazer toda a diferença na estratégia. Faça um levantamento de quais pessoas representam aquilo que sua marca quer transmitir e chame para uma conversa. Lembre-se que essa pessoa será porta-voz do seu negócio e deixe todos os termos dessa parceria bem claros.

          4- Adicione uma tabela de medidas

          É essencial que seus clientes entendam a numeração dos produtos para evitar trocas e devoluções desnecessárias. É uma boa prática falar sobre isso também nas redes, como fotos e vídeos até mesmo de pessoas que já compraram usando seus produtos. Confira o passo a passo da Shopify para incluir a descrição dos tamanhos nas páginas de produtos.

          5- Utilize impressão sob demanda

          Que tal usar fornecedores especializados em impressão para garantir um investimento inicial baixo sem abrir mão da personalização? Essa pode ser uma excelente alternativa para dar os primeiros passos com sua loja virtual, inclusive por meio do dropshipping.

          6- Varie de acordo com a sazonalidade

          Roupas são peças mais sensíveis à mudança do clima. Impossível usar sandálias no inverno rigoroso ou enfrentar um verão com jaquetas pesadas.

          Pensando nisso, leve em conta a sazonalidade e a grande amplitude climática do Brasil (e do mundo!) para manter as vendas constantes em todas as épocas do ano.

          7- Explore as redes sociais

          Além de Facebook e Instagram, vale a pena investir em vídeos no TikTok e imagens no Pinterest. Essas redes têm diferenciais de público e conteúdo que podem ser valiosos para seu nicho, saiba aproveitar as oportunidades.

          8- Tenha uma política de devolução clara

          Uma das principais barreiras para a compra de roupas pode ser a insegurança do cliente ao não experimentar o item, já que a numeração pode variar bastante de acordo com a forma do fabricante. Deixe seu cliente mais tranquilo destacando a política de devolução de maneira bem visível na página inicial do site e nas páginas de produtos.

          Conclusão

          Agora que você já sabe como montar um e-commerce do zero com seu nicho e modelo de negócio bem definidos, está na hora de colocar a mão na massa! Quanto mais você se dedicar ao planejamento, mais rápido será seu retorno, e lembre-se sempre das nossas dicas. Bons negócios e sucesso! ✨

           

          Perguntas frequentes sobre como montar um e-commerce do zero

          Quais são os três principais modelos de negócio para montar um e-commerce do zero?

          Existem três modelos de negócios populares na Shopify: fabricação própria, dropshipping e impressão sob demanda.

          Qual é o melhor modelo de negócios para montar um e-commerce com baixo investimento inicial?

          O melhor modelo para começar um e-commerce com pouco investimento de custo e tempo é o dropshipping, já que não exige a compra prévia de produtos e permite que o lojista terceirize a entrega para o fornecedor.

          Quais são os fornecedores de dropshipping mais indicados para montar um e-commerce do zero?

          É possível trabalhar com fornecedores como o AliExpress. A Shopify conta com uma integração fácil ao Dsers, onde é possível encontrar uma série de opções confiáveis para começar a fazer dropshipping.

          Quer saber mais?


          Natália Mazzilli Redatora ShopifySobre a autora

          Natália Mazzilli é tradutora apaixonada por transcriação. Ama gatos e pedaladas. Passa muito tempo no Twitter.

          Texto original de Richard Lazazzera.

          Você tem dúvidas sobre a Shopify?

          Fale com a nossa Central de ajuda

          Quer abrir uma loja virtual?