Quer abrir uma loja virtual?

25 ideias de projetos pessoais para ganhar dinheiro

25 ideias de projetos pessoais para ganhar dinheiro

Projetos pessoais trazem motivação e inspiração para aprender coisas novas, conhecer pessoas diferentes e podem até render um dinheiro extra. Se está procurando formas divertidas e produtivas de passar o tempo e compartilhar experiências - ou apenas um novo hobby para ter uma renda extra - essa lista tem tudo a ver com você.

A melhor forma de ganhar dinheiro com projetos pessoais é encontrar uma ideia que tem a ver com seus interesses e se encaixa na sua disponibilidade de tempo. Seja aprendendo coisas novas ou usando habilidades que já possui, essa lista pode despertar o espírito empreendedor que existe dentro de você.



25 ideias de projetos pessoais para ganhar dinheiro

  1. Monetizar seu canal do YouTube
  2. Vender produtos digitais
  3. Dar aulas particulares
  4. Começar um podcast
  5. Criar e vender camisetas
  6. Ser um cuidador de pets
  7. Dar carona por aplicativo
  8. Alugar casa ou quarto
  9. Oferecer serviços de marketing digital
  10. Participar de programa de afiliados
  11. Começar uma newsletter
  12. Vender fotografias
  13. Participar de pesquisas remuneradas
  14. Realizar testes de sites e aplicativos
  15. Oferecer serviços de transcrição
  16. Vender produtos artesanais
  17. Serviços de jardinagem e paisagismo
  18. Criar sua loja de dropshipping
  19. Se tornar um guia turístico
  20. Abrir um brechó on-line
  21. Personal organizer
  22. Vender comidas caseiras
  23. Criar e vender planilhas personalizadas
  24. Comprar e vender antiguidades
  25. Revender produtos de beleza

1. Monetizar seu canal do YouTube

Criado em 2005, o YouTube é o segundo site mais acessado do mundo, ficando atrás apenas do Google. Os conteúdos compartilhados são variados: dicas de beleza, histórias da vida real, curiosidades sobre filmes e séries. 

O espaço a ser explorado é quase infinito e pode levar um tempo para construir uma base de inscritos, ainda assim o processo para descobrir um nicho que faz sentido para você e seu público tem tudo para ser divertido. 

💡 Dica: para monetizar seu canal, é interessante mapear seu público e fazer parcerias pagas. Vale considerar os recursos de monetização da própria plataforma com anúncios, stickers e shopping.

2. Vender produtos digitais

Produtos digitais podem ser caracterizados como um item virtual, algo que não existe fisicamente no mundo real. Esses produtos geralmente estão em formatos de arquivo como PDF, MP3, MP4, XML, entre outros. 

Se você busca um projeto pessoal que envolva música, como composições autorais instrumentais, vender trilhas sonoras é uma forma de ganhar dinheiro com seu hobby! 

O mesmo vale para designers que podem vender pacotes de templates para apresentações, por exemplo, ou um clube de assinatura de e-books e zines.

3. Dar aulas particulares

Para ser um bom professor a vontade de ensinar é o primeiro passo, e plataformas online como SuperProf, Cambly e Preply oferecem oportunidades para dar aulas de qualquer lugar do mundo.

Divulgar esse serviço em outras plataformas como LinkedIn ou abrindo um canal no YouTube também pode ser interessante. Conhecendo seu público e seguindo uma metodologia eficaz, é possível ensinar quase qualquer coisa. Aulas de línguas, matemática, lógica, artesanato e instrumentos são algumas das oportunidades que existem para ser abraçadas.

💡 Dica: leve seu ensino a um novo patamar criando sua loja virtual. Em uma plataforma própria você tem mais autonomia de divulgação, organização dos materiais de aula e cursos disponíveis. Para as aulas ao vivo, o Google Meet e o Zoom podem ser as soluções.

4. Começar um podcast

Podcasts, assim como as redes sociais e os blogs, são agora um elemento essencial para comunicadores e criadores de conteúdo. A popularidade deles vem crescendo a cada ano e com certeza você já ouviu, ou pelo menos ouviu falar, sobre algum deles, seja de histórias reais ou entrevistas de famosos.

A melhor parte dessa ideia de projeto pessoal é que você precisa de pouco para começar: um microfone, que pode ser do seu celular ou esse microfone USB da Pichau por R$ 220, e um editor de áudio como o Audacity que é gratuito e fácil de usar.

🎙️ Inspire-se:

5. Criar e vender camisetas

Começar um projeto de venda de camisetas personalizadas pode ser divertido e você sempre terá aquela estampa exclusiva no seu armário. É um negócio de baixo risco e faz ainda mais sentido se já tiver afinidade com design e desenhos. 

Na Shopify, apps como Printful e Printify tornam todo o processo ainda mais prático: você cuida da loja e da divulgação e a plataforma faz a produção e o envio. A melhor parte é que você não precisa ter um estoque, e o pagamento do produto só acontece se ele é vendido. 

💡 Dica: a Shopify tem tudo o que você precisa para começar sua loja on-line de camisetas. Aproveite as ferramentas gratuitas da plataforma e venda peças personalizadas, construindo uma marca forte e bem posicionada no mercado com autonomia.

6. Ser um cuidador de pets

Hoje em dia, os animais de estimação são tratados como membros da família, e há uma demanda crescente por pessoas confiáveis para cuidar dos peludos. Se os pets são sua paixão, essa pode ser a melhor ideia para um projeto pessoal.

Em grupos de bairro na internet sempre é possível encontrar pessoas oferecendo hospedagem, passeio e adestramento, e com aplicativos como DogHero e TrustedHousesitters, as pessoas se sentem ainda mais confiantes para contratar esses serviços.

💡 Dica: se esse projeto faz seus olhos brilharem, vale pensar nos próximos passos para se profissionalizar. Comece com o pé direito abrindo um e-commerce para vender produtos de pet care. Além de encantar seus clientes, você ganha confiança e credibilidade em um nicho cheio de potencial

7. Dar carona por aplicativo

Se você é uma pessoa que costuma andar bastante de carro mas está sempre sozinho, lembre-se que é possível oferecer uma carona e fazer novas amizades. 

Aplicativos como BlaBlaCar, Bynd e InDrive oferecem a opção de dar uma carona para pessoas que cruzarem seu trajeto e ainda ganhar um dinheiro para completar o tanque.

8. Alugar casa ou quarto

Já pensou em recepcionar pessoas naquele quarto extra ou alugar a casa de praia que você só vai nas férias? Se você tem hospitalidade para dar e vender, aproveite para começar esse projeto pessoal e ainda fazer uma renda extra.

O Airbnb é o app mais conhecido que facilita todo o processo de locação, seja de espaços inteiros ou quartos. Para quem quer focar em aluguel de cômodos, o site WebQuarto pode ser a solução ideal para divulgar seu espaço.

9. Oferecer serviços de marketing digital

Com a quantidade crescente de negócios on-line, a demanda por especialistas em marketing, redação, design e métricas também tem aumentado. É importante lembrar que os pequenos negócios muitas vezes não têm recursos para contratar uma agência e acabam absorvendo a demanda como podem, e é aí que os freelancers podem entrar.

Anuncie serviços pensando nos micro e pequenos empresários, oferecendo serviços básicos e funcionais. Seja com um perfil no LinkedIn ou um portfólio focado em novos negócios, você pode aproveitar sua especialidade para beneficiar quem está em busca de um norte para consolidar sua marca.

10. Participar de programa de afiliados

O marketing de afiliados é um modelo de vendas em que pessoas são contratadas para anunciar produtos ou serviços de outras pessoas ou empresas. Se você tem uma grande rede de contatos, esse pode ser um projeto interessante para falar com ainda mais pessoas e fazer um dinheiro extra.

Os programas de afiliados pagam uma comissão por cada venda feita, e eles monitoram isso através de um código promocional com o nome do vendedor ou mesmo links. Se você tem seguidores fiéis nas redes, um podcast ou até mesmo uma newsletter, encaixar um link de vendas no seu conteúdo pode ser algo pontual e que pode gerar lucros extras para você investir ainda mais no seu projeto.

🙋‍♂️ Inspire-se: 

11. Começar uma newsletter

O conteúdo digital escrito passou por diversas fases: correntes de e-mail, blogs que serviam como diários, imagens com frases motivacionais. Muitas pessoas com paixão pela escrita conseguiram navegar por esses mares e soltar a imaginação, mas a monetização não era estruturada como pode ser hoje.

Agora as newsletters caíram no gosto de pessoas que ainda apreciam boas leituras na sua caixa de entrada, e sim, agora também dá para fazer um dinheiro. O Substack é a plataforma onde escritores e amadores independentes se encontram, criam seus textos e constroem uma audiência que de fato se propõe a ler. 

💡 Dica: construa seu público e, quando você conseguir uma quantidade razoável de assinantes, considere a possibilidade de vender produtos personalizados com sua marca, como bags com frases divertidas e canecas personalizadas. 

12. Vender fotografias

Se você ama tirar fotos em todos os lugares onde passa, desde paisagens até detalhes no asfalto, esse projeto pessoal pode ser uma forma de compartilhar com o mundo seu olhar. Vender fotos on-line em sites como Burst, Shutterstock e Getty Images pode ser o começo de um projeto que traz bons rendimentos.

Os bancos de imagens estão sempre em busca de novos e bons materiais que possam ser vendidos para empresas que produzem anúncios na internet ou fazem arte para a impressão de quadro e estampa de almofadas. 

Há também a possibilidade de abrir seu próprio site de produtos personalizados com as suas fotos, dessa forma você consegue criar algo do início ao fim por meio do seu passatempo preferido. 

13. Participar de pesquisas remuneradas

Existem inúmeras empresas e pesquisadores de mercado que desejam saber a opinião dos consumidores sobre produtos e serviços. Sites como Você Opina, Branded Surveys, Toluna e Opiniões de Valor oferecem uma variedade de pesquisas pelas quais você pode ser remunerado e ganhar cupons de desconto em sites de marketplace. 

Esse não é um projeto que vai te dar muito dinheiro, mas pode trazer a satisfação de dar opiniões construtivas e visitar lojas que você não visitaria sem participar das pesquisas.

14. Realizar testes de sites e aplicativos

Ninguém tem paciência com sites e apps que não funcionam bem. Para evitar confusão e ter certeza de que tudo está funcionando antes de ir ao ar, os desenvolvedores contratam testadores que verificam se todos os links, botões e textos estão corretos.

A melhor parte é que os testadores são remunerados pelo seu empenho, e nem precisa ser um especialista em UX. Basta se inscrever em sites como UserTesting, Userfeel, Userlytics e Testing Time, completar seu cadastro e completar todas as etapas dos testes propostos para ganhar até 100 dólares por hora.

15. Oferecer serviços de transcrição

Um transcritor recebe arquivos de áudio de seus clientes e transcreve o que ouve. Esses arquivos podem ser vídeos, notas de áudio, chamadas telefônicas ou até mesmo procedimentos legais, então ter um bom ouvido e dedos rápidos é crucial. Confira sites de freelancers como Rev, TranscribeMe e GoTranscript para encontrar oportunidades remuneradas de transcrição.

16. Vender produtos artesanais

Atividades artesanais e manuais têm seu valor, e pode ser esse o momento de tirar tudo aquilo que você tem guardado para fazer um dinheiro extra e abrir espaço para novas criações. E

Embora criar produtos artesanais demande bastante tempo para desenvolver as habilidades necessárias, é uma das melhores maneiras de se destacar em meio a uma infinidade de produtos repetidos.

Pense em algo que você goste de fazer, mesmo quando ninguém está pagando por isso. Seja marcenaria, produtos de beleza, tricô, pintura, fabricação de joias ou artesanato em geral, esses passatempos podem servir como base para diversos projetos únicos.

🧼 Como abrir um negócio de sabonete artesanal

Não é incrível como às vezes tem umas ideias de negócio que estão bem debaixo do nosso nariz e a gente nem repara? Pois é, começar uma marca de sabonete artesanal é uma delas.

👉 Leia mais

17. Serviços de jardinagem e paisagismo

Você é dessas pessoas que adora colocar a mão na terra e fazer combinações de plantas e flores para embelezar a casa? Pense em tornar esse projeto pessoal uma renda extra, de uma forma leve, que se encaixe no seu dia a dia.

É possível criar uma marca de jardinagem oferecendo também flores, adornos e composições maiores, a depender da sua disposição para testar ou estudar estruturas e espécies. Para ganhar um bom dinheiro, pode ser estratégico oferecer um serviço premium e personalizado.

18. Criar sua loja de dropshipping

Se você tem vontade de abrir uma loja on-line, mas fica com preguiça quando pensa na parte burocrática de enviar pedidos e gerenciar estoque, um negócio de dropshipping pode ser perfeito.

Com o modelo dropshipping suas responsabilidades são a estratégia de marketing, a criação de estampas e for uma loja de impressão sob demanda e outros aspectos um tanto menos burocráticos. A melhor parte: o investimento inicial é bem baixo e os lucros podem ser altos. 

💡 Dica: a Shopify facilita a criação do seu negócio de dropshipping, desde o site até a integração com aplicativos que conectam você com os melhores fornecedores. Os pedidos são enviados e empacotados pelo fornecedor, e suas atribuições são focadas em divulgação da marca e atendimento ao cliente.

19. Se tornar um guia turístico

Para quem se interessa pelas histórias dos bairros das cidades, pela fundação das cidades ou conhece todas as festas da região, oferecer experiências turísticas pode ser um projeto animador. 

Essa ideia pode não ser tão viável em alguns lugares - com certeza em pontos turísticos fará muito mais sentido. Ainda assim, todos os lugares têm seus atrativos e você pode ser o maior representante do turismo da sua cidade.

20. Abrir um brechó on-line

Outro projeto pessoal que abre um bom espaço no armário e dá uma graninha extra é vender roupas que você já não usa mais on-line. Você pode criar uma página no Instagram ou anunciar no Facebook Marketplace, o mais importante é sempre tirar boas fotos, colocar medidas e ser transparente sobre o estado da peça. 

💡 Dica: se você gosta de visitar brechós e garimpar peças únicas, vale abrir sua loja virtual e ter uma marca de roupas usadas para chamar de sua.

21. Personal organizer

Arrumar armários, gavetas, geladeiras e penteadeiras é uma verdadeira paixão para algumas pessoas, já outras têm uma certa dificuldade ou não tem tempo para manter a organização. É no momento que essas pessoas se encontram que surge a oportunidade de começar um negócio.

Nas redes sociais você pode já ter visto vídeos prazerosos de objetos sendo alocados nos seus devidos lugares, e muitos personal organizers - ou organizadores pessoais em tradução livre - se promovem dessa forma.

Para tirar um dinheiro extra, será necessário construir sua marca e ter algumas histórias de sucesso para compartilhar. No começo vale oferecer o serviço de graça para amigos próximos e, a partir disso, divulgar para valer.

22. Vender comidas caseiras

Marmitas, bolos de pote e outras delícias. Com a rotina cada vez mais agitada, diversas pessoas estão buscando mais praticidade sem abrir mão do sabor no momento das refeições.

O chef dentro de você pode ser seu melhor sócio na hora de montar seu negócio. Capriche no tempero, tire fotos de dar água na boca e aproveite seu tempo e espaço para criar sua marca.

23. Criar e vender planilhas personalizadas

Já se perguntou o motivo de você estar dedicando seu tempo para criar uma planilha automatizada que com certeza já existe? Pois é, você não é a única pessoa. Muitos profissionais de diversas áreas buscam em sites como Start Planilhas a solução pronta.

Este é um projeto que pode ser muito produtivo se você possui habilidades com o Excel, ou até mesmo utilizando ferramentas de Inteligência Artificial para agregar valor. Para expandir os negócios, vale montar sua loja on-line e oferecer produtos adicionais como cursos e planilhas personalizadas.

24. Comprar e vender antiguidades

Antiguidades despertam o interesse. Muitos curiosos entram em antiquários em busca de algo que nunca viram antes ou procurando um objeto similar ao de um ente querido, por exemplo. 

A nostalgia está na moda, e vende muito bem. Existem muitas pessoas realmente aficionadas por videogames antigos, por exemplo, que fazem um bom dinheiro comprando, recondicionando e vendendo itens. Isso pode ser aplicado a diversos nichos, como relógios usados, e exige também uma boa dose de pesquisa. 

Se está disposto a essa viagem no tempo, prepare-se para buscar muito conhecimento e começar a construir uma marca pessoal forte e de confiança para conquistar o público.

25. Revender produtos de beleza

Se antes as revistinhas de cosméticos eram estavam por toda a parte, hoje a internet tomou esse lugar e as grandes marcas se adaptaram a esse movimento. O Boticário, L'Occitane e Eudora são algumas das que abrem espaço para quem quer ser representante da marca e fazer uma renda extra.

Como escolher um projeto pessoal para ganhar dinheiro

Projetos pessoais são verdadeiras escolas. Sua disposição para aprender e desenvolver certas habilidades são aprendizados que se levam pra vida toda, o mais importante é você realmente apreciar o que está fazendo, como um campo de testes, erros e acertos. 

Uma habilidade valiosa que pode ser desenvolvida é aprender a ganhar dinheiro online de maneira eficaz com uma atividade prazerosa. Para escritores, atores, pintores, músicos e artistas de todos os tipos, um projeto pessoal pode proporcionar independência artística, crescimento profissional e, eventualmente, uma maneira lucrativa de transformar sua paixão em carreira. Seja passeando com cães, fazendo comida ou iniciando vendas online, você está dando o primeiro passo em direção à liberdade financeira.

FAQ - Projetos pessoais

Quais projetos pessoais rendem mais dinheiro?

A quantia de dinheiro que você pode ganhar com um projeto pessoal depende de vários fatores. Embora as ideias a seguir sejam um ótimo ponto de partida, seu nível de esforço, a demanda pelo trabalho e o mercado em que você está podem influenciar quanto dinheiro entrará na sua conta. Experimente:

  • Criar sua loja de dropshipping
  • Participar de programa de afiliados
  • Vender produtos digitais
  • Abrir um brechó on-line
  • Oferecer serviços de marketing
  • Alugar casa ou quarto
  • Monetizar seu canal no YouTube

Como começar a ganhar dinheiro com um projeto pessoal?

Os passos para começar um projeto pessoal podem variar dependendo das suas habilidades criativas, dos custos iniciais e do nível de esforço e tempo para a atividade escolhida. Alguns passos básicos incluem:

  1. Faça uma lista das coisas que você é apaixonado.
  2. Determine se você investirá dinheiro na sua atividade desde o início.
  3. Reserve um tempo em sua agenda para trabalhar no projeto.
  4. Crie um plano sobre como ganhar dinheiro online com o seu projeto.
  5. Coloque seu plano em prática!

Quais são os projetos pessoais mais simples para começar?

Os projetos pessoais mais fáceis de começar são aqueles que não exigem especializações ou custos iniciais significativos. Caso o projeto esteja dentro da sua área de atuação, aproveite o conhecimento que você já possui, mas não deixe de fazer algo por ter que aprender uma nova habilidade, pois essa vontade de saber mais pode ser o grande diferencial na hora de ganhar dinheiro. Além disso, a internet oferece diversos conteúdos e plataformas para começar um e-commerce do zero, como a Shopify.

Quanto tempo devo dedicar para um projeto pessoal?

É recomendado reservar pelo menos algumas horas por semana para trabalhar no seu projeto. Priorizar o seu tempo e concentrar-se nas tarefas mais importantes para o crescimento do seu projeto visando criar um negócio é crucial. Com dedicação e trabalho, é possível transformar seu projeto em um negócio bem-sucedido.

Tópicos:

Quer abrir uma loja virtual?